Maurren pede audiência a tribunal esportivo

A saltadora Maurren Higa Maggi encaminhou nesta terça-feira pedido de audiência ao Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), para que seja marcado o julgamento no caso de doping a que responde. Maurren alega que a contaminação pelo Clostebol, um cicatrizante e antiinflamatório, encontrado em exame antidoping feito em junho, ocorreu em sessões de depilação permanente, na Clínica Lígia Kogos, em São Paulo. A substância detectada, um esteróide anabolizante, seria proveniente da pomada usada após a depilação.A CBAt montará o dossiê do caso e encaminhará, juntamente com a documentação, ao presidente do TJD, Alberto dos Santos Puga Barbosa.Caberá ao procurador Mauro de Siqueira Queiroz oferecer denúncia por infração de dopagem, segundo as regras da Associação Internacional de Federações de Atletismo. Maurren será citada e poderá responder por escrito, através de advogado, ou pessoalmente, se preferir. "As análises já estão prontas (as amostras de urina A e B) e também a documentação. É um processo fácil de montar", afirma o secretário da CBAt, Martinho Nobre dos Santos, prevendo que o TJD poderá marcar o julgamento em 15 ou 20 dias.Na segunda-feira, o Tribunal estará reunido para julgar o caso de Daniel Ferreira, suspenso por resultado positivo para a substância proibida metil testosterona, e poderá marcar a data da audiência de Maurren (nesta terça a atleta estava em São Carlos, na casa de seus pais). O resultado seguirá para a IAAF e, se a atleta for considerada inocente, para a Corte Superior de Arbitragem do Comitê Olímpico Internacional (COI).A carreira de Maurren foi suspensa quando liderava o ranking mundial do salto em distância. Está suspensa preventivamente desde 1º de agosto e deixou de ir ao Pan-Americano de São Domingos e ao Mundial de Paris. Se for suspensa por dois anos, o que é aplicado em casos de doping, ficaria fora da Olimpíada de Atenas, em 2004.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.