Maurren: última esperança de medalha

Os brasileiros não foram bem na primeira etapa do Campeonato Mundial Indoor (pista coberta) de Atletismo, no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. Os quatro representantes do País na competição não passaram das eliminatórias de hoje. Maurren Higa Maggi (60 metros com barreiras), Fabiane Santos (800 m rasos), Sanderlei Parrela (400 m rasos) e Hudson Souza (1.500 m rasos) ficaram fora das finais. Dos quatro, apenas Maurren ainda participa do torneio. Depois de se ter poupado na prova desta sexta - deu apenas a largada e não completou a distância -, a atleta paulista disputa hoje a final do salto em distância. A missão de Maurren, campeã pan-americana em Winnipeg, em 1999, Maurren não será nada fácil. Neste sábado, ela terá pela frente as melhores especialistas do mundo. Das principais colocadas no ranking, apenas a norte-americana Marion Jones, bronze na Olimpíada de Sydney, está fora da prova. Maurren enfrentará a campeã olímpica Heike Drechsler, a campeã mundial Niurka Montalvo e a líder do ranking Fiona May. Por ter sofrido uma contratura muscular na coxa esquerda na disputa do Meeting Internacional de Atenas, no mês passado, Maurren preferiu não se cansar nos 60 m com barreiras. Os outros brasileiros foram mal. Sanderlei Parrela ficou em quarto lugar na segunda série eliminatória dos 400 m, com o tempo de 47s53. Fabiane Santos terminou na terceira colocação na primeira série dos 800 m, com 2min05s18. Já Hudson Souza ficou em oitavo lugar na primeira preliminar dos 1.500 m, com 3min43s14. Novos campeões - O Mundial teve seis provas finais na etapa de hoje e algumas surpresas. Favoritos como o inglês Jonathan Edwards (salto triplo), o cubano Anier Garcia (60 m com barreiras) e a norte-americana Stacy Dragila (salto com vara), por exemplo, não venceram suas provas. Os novos campeões mundiais são Paulo Camossi (Itália), no salto triplo, com 17,32 m; Kajsa Bergqvist (Suécia), no salto em altura, com 2 m; Pavla Hamackova (República Checa), no salto com vara, com 4,56 m; John Godina (EUA), no arremesso do peso, com 20,82 m; Anjanette Kirkland (EUA), nos 60 m com barreiras, com 7s85; e Terrence Trammell (EUA), também nos 60 m com barreiras, com 7s51.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.