Maurren vai à final; Jessé tenta medalha hoje

Maurren Maggi vai à final do salto em distância com favoritismo à conquista até do ouro. A atleta de São Carlos saltou 6,79 m, na noite de ontem (manhã desta terça-feira em Pequim), e garantiu com tranqüilidade vaga na decisão, programada para a manhã de sexta-feira (de Brasília). Foi o segundo melhor salto das eliminatórias, atrás apenas da americana Brittney Reese, que saltou 6,87 m.Outro fato positivo para a brasileira foi a eliminação de uma das favoritas, Naide Gomes. A portuguesa, considerada por Maurren sua principal adversária, queimou a linha nas duas primeiras tentativas e, pressionada, saltou apenas 6,29 m na terceira e última. Maurren mostrou grande equilíbrio e maturidade e, se mantiver o nível na final, pode realmente fazer história e se tornar a primeira brasileira a subir no pódio do atletismo. A outra brasileira na prova, Keila Costa, também se classificou para a final, saltando 6,62 m.No salto em altura masculino, a maior surpresa até agora da equipe brasileira de atletismo, o pernambucano Jessé de Lima, luta hoje, a partir das 8h10 (horário de Brasília), por uma medalha na final da prova. Nas eliminatórias, não errou nenhum salto e estabeleceu a marca de 2,29 metros, apenas um centímetro abaixo de seu melhor resultado. Além de ter conseguido um desempenho perfeito na eliminatória, Jessé terá outro ponto a seu favor: os melhores atletas do ano na modalidade tiveram atuação inferior a sua. O sueco Stefan Holm e o russo Andrey Silnov se classificaram para a final com 2,29 m, mas apenas na segunda tentativa. Neste ano, Silnov já saltou 2,38 m e Holm, 2,37 m.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.