Maximiano surpreende e leva bronze no arremesso de dardo

Atleta amazonense crava 75,04 metros e fica mais de dois metros atrás do cubano Guillermo Martinez

28 de julho de 2007 | 19h30

O amazonense Alexon Maximiano surpreendeu neste sábado ao conquistar a medalha de bronze no arremesso de dardo. Ele alcançou a marca de 75,04 metros no melhor de seus arremessos e faturou sua primeira medalha na competição.   Veja também:  O quadro de medalhasOs detalhes das modalidades em disputa   O outro brasileiro na disputa, Júlio Oliveira, não conseguiu um bom desempenho e acabou apenas na oitava posição, com 67,92 metros.   O ouro parou nas mãos do cubano Guillermo Martinez, que alcançou 77,66 metros, enquanto o norte-americano Mike Hazle levou a prata ao cravar 75,33 - apenas 29 centímetros na frente do brasileiro.   Nascido em Manacapuru, no Amazonas, Maximiano disputou seu primeiro Pan. Ele garantiu a classificação para o torneio após alcançar 78,57 m no GP Sul-Americano, em maio.   Curiosamente, o recorde pessoal de Maximiano é maior do que a marca feita por Martinez no Pan do Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoarremesso de dardoPan 2007

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.