Yves Herman/REUTERS
Yves Herman/REUTERS

Mayra Aguiar fatura bronze no Mundial de Judô

Brasileira, no entanto, não conseguiu repetir desempenho do ano passado

WILSON BALDINI JR., Estadao.com.br

26 de agosto de 2011 | 12h43

PARIS - A brasileira Mayra Aguiar faturou nesta sexta-feira a medalha de bronze na disputa da categoria meio-pesado (até 78 quilos) no Mundial de Judô, que está sendo realizado em Paris. Em 2010, ela também subiu ao pódio no torneio, realizado em Tóquio, mas faturou a medalha de prata.

Na semifinal, Mayra perdeu para a japonesa Akari Ogata. A gaúcha sofreu um ouchi gari, que valeu um wazari, e depois foi imobilizada (osae komi) por 20 segundos, completando o ippon da líder do ranking mundial. Na disputa do bronze, Mayra, de 19 anos, só precisou de 1 minuto e 19 segundos para superar a alemã Heide Wollert, com um bonito uchi mata.

Esta foi a quinta medalha conquistada pelo Brasil nesta edição do Mundial, o que deixa o País com a sua melhor participação em número de medalhas no torneio. Em Paris, Leandro Cunha e Rafaela Silva foram prata, enquanto Sarah Menezes e Leandro Guilheiro faturaram a medalha de bronze antes da conquista de Mayra nesta sexta-feira.

A brasileira iniciou a campanha para faturar o bronze com vitória fácil sobre a camaronesa Hortence Atangana. A brasileira só precisou de 53 segundos para aplicar dois kosoto garis e simar um yuko e o ippon. Frente a alemã Luise Malzahn, Mayra demonstrou força para vencer em 2 minutos e 57 segundos, com um eficiente eri seoi otoshi. Novo ippon aconteceu frente à húngara Abigel Joo, com um espetacular tai otoshi, em 1 minuto e 29 segundos.

Hugo Pessanha não conquistou medalha no Mundial de Paris. Após cair nas quartas de final, o brasileiro foi para a repescagem e perdeu para o sul-coreano Kyu-Won Lee ao sofrer um uchi mata, e ficou fora da disputa de medalhas.

O médio (até 90 quilos) superou Aigers Milenbergs, Alexander Kussachev, Dieudonne Dolassem, mas caiu para Ilias Iliadis, o que o levou para a repescagem. Os também pesos médios Tiago Camilo e Maria Portela (até 70 quilos) foram eliminados precocemente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.