Mayweather, Mosley, Berto, Khan... Próximo?

Floyd Mayweather; Andre Berto, Juan Manuel Marquez, Erik Morales e Shane Mosley; Miguel Cotto, Saul Alvarez, Julio Cesar Chavez Jr. e Alfonso Gomez; Bernard Hopkins e Amir Khan. Não se trata da escalação de um time de futebol. São os pretendentes a próximo adversário do filipino Manny Pacquiao.

Wilson Baldini Jr., O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2010 | 00h00

Entre os 11 desta lista, estão nomes de lutadores que já enfrentaram o atual melhor lutador do mundo. É o caso de Morales, Marquez e Cotto. Também existem alguns absurdos, como Bernard Hopkins, que tem luta marcada para 18 de dezembro, quando vai tentar o título mundial dos meio-pesados, versão Conselho Mundial de Boxe, diante do francês Jean Pascal, no Canadá.

Mas o mais cotado segue sendo Floyd Mayweather. O combate já deveria ter ocorrido este ano, mas o norte-americano chegou a cogitar a possibilidade de Pacquiao usar anabolizantes e exigiu a realização de exames médicos detalhados. O filipino não aceitou e as negociações esfriaram. Agora, os rumores é de que a bolsa para cada um pode atingir a irreal quantia de US$ 100 milhões.

Telefone. Mayweather, que teve problemas com a polícia por causa de uma agressão a sua ex-esposa, teria pedido o telefone do empresário Bob Arum, que cuida da carreira de Manny Pacquiao. "Eu adoraria ver o combate entre os dois. O mundo quer ver este duelo. É uma expectativa semelhante ao que despertou Sugar Ray Leonard e Thomas Hearns, Mike Tyson x Michael Spinks, Muhammad Ali e Joe Frazier", opinou o lendário jornalista e historiador.

A definição do próximo adversário de Pacquiao deverá sair até o fim do ano. O certo é que a sua aposentadoria para cuidar dos problemas do Congresso filipino ainda deverá demorar um pouco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.