Reuters
Reuters

Medalhas olímpicas de Londres 2012 serão as mais pesadas da história

Elas medem 8,5 centímetros de diâmetro e são as mais pesadas na história, com 400 gramas

Martyn Herman, Reuters

27 de julho de 2011 | 17h10

LONDRES - Os milhares de atletas que se preparam para competir na Olimpíada de Londres, que começa dentro de exatamente um ano, já têm um objeto de desejo com o qual sonharem, após a divulgação nesta quarta-feira do design das medalhas em uma cerimônia no centro da capital britânica.

Desenhadas pelo artista local David Watkins, elas medem 8,5 centímetros de diâmetro - consideravelmente maiores do que em Olimpíadas anteriores - e são as mais pesadas na história dos Jogos Olímpicos, com 400 gramas.

Como em todas as Olimpíadas modernas desde 1896 (com exceção das medalhas retangulares de Paris-1900), elas são circulares. De um lado, como é obrigatório, elas mostram a deusa grega Niké, símbolo da vitória; do outro, trazem um desenho abstrato, com o logotipo dos Jogos de 2012 sendo cruzado por linhas que simbolizam a energia que irradia da cidade.

Mas os campeões olímpicos podem se decepcionar ao saberem que a medalha de ouro na verdade tem apenas 1,34 por cento desse metal, e 92,5 por cento de prata.

As medalhas começarão a ser produzidas ainda neste ano na Real Casa da Moeda do sul de Gales, e a borda, com 7 milímetros, receberá a gravação do nome da modalidade à qual cada peça se destina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.