Mark J. Terrill / AP
Mark J. Terrill / AP

Medalhista olímpico em Pequim, saltador britânico morre em acidente de moto

Segundo testemunhas, Germaine Mason tentava desviar de carro desgovernado

Estadao Conteudo

20 de abril de 2017 | 11h50

O ex-saltador britânico Germaine Mason, medalhista de prata no salto em altura na Olimpíada de Pequim, em 2008, morreu nesta quarta-feira pela manhã em um acidente de moto. A tragédia foi confirmada pela polícia da Jamaica, terra natal do ex-atleta de 34 anos e onde aconteceu a fatalidade.

De acordo com as informações das testemunhas, Mason perdeu o controle de sua moto na região de St. Andrew, próxima à capital jamaicana Kingston. Alguns presentes relataram que o ex-atleta só teria sofrido o acidente porque evitou uma batida com um carro desgovernado.

Destaque da Jamaica em competições de base, Mason sofreu com lesões e só voltou a competir em alto nível quando passou a defender as cores da Grã-Bretanha. Em Pequim, conseguiu a melhor marca da carreira ao saltar 2,34m e faturou a medalha de prata. Ele só ficou atrás do russo Andrey Silnov, que obteve a marca de 2,36m.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.