Ben Curtis / AP
Ben Curtis / AP

Medalhista olímpico em Tóquio, Pedro Barros realiza tour de skate pelo Brasil para divulgar esporte

Evento passará por Florianópolis, Belo Horizonte, São Paulo, Camburi e Santos e contará com as participações de Yndiara Asp e Isadora Pacheco, outras competidoras olímpicas

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2021 | 12h00

Pedro Barros, skatista vice-campeão olímpico em Tóquio, é protagonista, a partir desta quinta-feira, de um tour da modalidade pelo País. O catarinense, junto com outras estrelas do skate, percorrerá importantes cidades para divulgar o esporte e visitar projetos ligados a ele. Menos de um mês depois dos Jogos de Tóquio, as medalhas dos skatistas Rayssa Leal, Kelvin Hoefler e Pedro Barros já impulsionam a modalidade no Brasil. É uma febre: algumas fábricas de São Paulo dobraram as vendas, várias escolinhas do Sul do País têm filas de espera e as pistas se multiplicam, publicou o Estadão em agosto.

O LayBack Tour será um evento aberto ao público e passará pelas cidades de Florianópolis-SC, Belo Horizonte-MG, São Paulo-SP, Camburi-SP e Santos-SP. Ao todo, 17 skatistas vão participar do tour - incluindo as brasileiras Yndiara Asp e Isadora Pacheco, que também estiveram na Olimpíada do Japão - e poderão incentivar os jovens a se dedicar à prática do skate.

Além da divulgação do esporte, a atividade também tem como objetivo desenvolver ações sociais, com foco em crianças e adolescentes. Para tal, serão realizadas visitas aos projetos Skate do Bem, em Belo Horizonte, o Skate Solidário, na capital paulista, e Futuro do Skate, na Baixada Santista. Outro objetivo das atividades é aproximar ídolos e fãs.

"É importante esse tour para podermos proporcionar boas experiências, através do skate, para as pessoas que comparecerem nas unidades. Assim, ajudamos a disseminar a cultura do skate, que preza pela união no esporte, sem distinção de gênero, raça ou condição social. Também é uma oportunidade de as pessoas verem de perto seus ídolos aplicando manobras e andando de skate", comentou Pedro Barros.

“Fico feliz em participar desse tour. É bom ver o quanto a LayBack contribui para que a filosofia do skate seja espalhada, fomentando a cena de diversas formas e celebrando as diferentes vertentes do skate.  Depois de anos em que eu estive mais focada só em campeonatos, é bom, para mim, vivenciar outras coisas, como uma tour. É um evento em que todos podem se sentir à vontade em comparecer e assistir grandes nomes do skate se divertindo no bowl. E dessa vez vamos conseguir ter uma maior presença de mulheres junto", afirmou Yndiara Asp.

Nesta quinta-feira, o evento começa na LayBack Florianópolis. Entre os dias 19 e 22 de novembro, será a vez de a capital mineira receber os skatistas na LayBack Park BH e Casa Dipraia BH. No dia 23, o evento ocorre na LayBack Park SP e Pátio LayBack SP. O Mirante LayBack Camburi será palco do encontro no dia 24. No dia seguinte, a celebração se encerra na LayBack Park Santos.

Logo depois do sucesso do skate na Olimpíada, o Estadão ouviu do presidente da Confederação que a modalidade cresceu no Brasil. "A gente sente uma procura maior em diversos aspectos, desde procura por cursos de capacitação, atletas se federando, prefeituras pedindo projetos, novas competições. Temos uma demanda bem maior depois da Olimpíada de Tóquio", afirma Roberto Maçaneiro, presidente da Federação Paulista de Skate. A modalidade entrou para o programa olímpico nesta edição e está confirmada em Paris-24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.