Medalhistas olímpicos estão fora do Mundial

É difícil imaginar que dois medalhistas olímpicos não vão representar o Brasil no Mundial de Judô, na Holanda, entre 26 e 30 de agosto. Mais surpreendente ainda é saber que dois novatos vão ocupar o lugar de seus ídolos. Ketleyn Quadros, a primeira brasileira a conquistar uma medalha olímpica em esportes individuais (Pequim-2008), e Flávio Canto, bronze em Atenas-2004, estão fora. A peso leve Rafaela Silva, 17 anos, e o meio médio Nacif Elias, 20, serão os substitutos."A responsabilidade é grande, mas a CBJ investiu em mim", disse Rafaela, ontem. Segundo a comissão técnica, Ketleyn não foi chamada porque estava preocupada com a busca de patrocínio e se afastou dos treinamentos. Flávio Canto também ficou fora do Mundial por não estar rendendo bem. O bicampeão mundial João Derly não foi relacionado por causa de lesão muscular. Leandro Cunha vai substituí-lo. OS CONVOCADOSFeminino - Sarah Menezes (ligeiro, até 48 kg), Erika Miranda (meio leve, até 52 kg), Rafaela Silva (leve, até 57 kg), Danielli Yuri (meio médio, até 63 kg), Maria Portela (médio, até 70 kg) e Rochelle Nunes (pesado, acima de 78 kg). Masculino - Denílson Lourenço (ligeiro, até 60 kg), Leandro Cunha (meio leve, até 66 kg), Leandro Guilheiro (leve, até 73 kg), Nacif Elias (meio-médio, até 81 kg), Tiago Camilo (médio, até 90 kg), Luciano Corrêa (meio pesado, até 100 kg) e Daniel Hernandes (pesado, acima de 100 kg).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.