Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Médico de Armstrong é condenado

Michele Ferrari, médico pessoal do ciclista Lance Armstrong, foi condenado a 1 ano e 11 meses de prisão por fraude esportiva e abuso no exercício da profissão. Por falta de provas, porém, foi absolvido da acusação de fornecer medicamentos prejudiciais à saúde. Acusado de usar substâncias proibidas, Armstrong - hexacampeão da Volta da França - disse que Ferrari não lhe receitou remédios ilícitos. "Estou decepcionado com a pena."

Agencia Estado,

01 de outubro de 2004 | 21h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.