Medina é derrotado por brasileiro e fica mais longe do bi mundial

Campeão cai em disputa de outro brasileiro, Itálo Ferreira

O Estado de S. Paulo

30 de outubro de 2015 | 14h20

Campeão mundial na temporada passada, Gabriel Medina foi eliminado nas quartas de final da etapa de Peniche, em Portugal, do Mundial de Surfe, nesta sexta-feira. Caso vencesse a etapa, o brasileiro ficaria mais próximo de garantir o bicampeonato, já que poderia assumir a liderança do circuito e levar a decisão para o Havaí, na última etapa. Quem eliminou o campeão foi outro brasileiro, Ítalo Ferreira, que continua vivo na etapa.

A bateria teve resultados de 18,27 a 6,83 para Ítalo. Gabriel Medina passou boa parte da disputa na liderança, mas foi ultrapassado por uma boa manobra de Ítalo, que obteve nota 9,67. Na próxima prova, Ítalo vai enfrentar o português Vasco Ribeiro. O surfista da casa eliminou o francês Jeremy Flores em sua bateria.

Apesar da eliminação de Medina, ainda há chances de uma final brasileira em Portugal. Na outra semifinal, Filipe Toledo, o Filipinho, vai encarar o americano Brett Simpson. Filipinho derrotou em sua bateria o campeão mundial de 2012, o australiano Joel Parkinson. Caso vença, Filipinho ficará próximo da liderança geral do Mundial, ocupando a terceira colocação. O torneio será decidido no Havaí, na etapa de Pipeline, em dezembro.

Com o fracasso em Peniche, Medina mantém distância dos líderes, ficando na quarta colocação. Quem ocupa as primeiras colocações, nessa ordem, são Mike Fanning e Adriano de Souza, o Mineirinho. Eles estão em primeiro e segundo lugar.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
surfemedina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.