Tony Heff/WSL
Tony Heff/WSL

Medina cai nas quartas e John John Florence é bicampeão do Circuito Mundial

Brasileiro precisava vencer em Pipeline e torcer para rival não ir à final, mas perdeu precocemente para Jeremy Flores

Estadão Conteúdo

18 de dezembro de 2017 | 22h00

Gabriel Medina viu se encerrar nesta segunda-feira, na etapa final do Circuito Mundial de Surfe, a sua chance de conquistar o título desta temporada da elite da modalidade. O brasileiro foi eliminado nas quartas de final do Pipe Masters, no Havaí, onde acabou sendo derrotado pelo francês Jeremy Flores. O resultado também acabou assegurando ao havaiano John John Florence o bicampeonato mundial, depois de ter se consagrado vencedor de uma temporada pela primeira vez no ano passado.

+ Medina bate Slater na repescagem e vai às quartas de final

Florence também avançou às semifinais em Pipeline ao derrotar em sua bateria das quartas o australiano Julian Wilson, com facilidade, por 17,60 a 2,34 na somatória das notas. Já Medina, que caiu por 12,76 a 6,04 diante de Flores, precisava vencer esta etapa e ainda torcer para que Florence não fosse à final para poder fechar 2017 como campeão mundial.

Porém, Medina não encaixou uma boa onda na sua bateria das quartas de final. Em quatro tentativas, o máximo que conseguiu fazer de melhor foi um tubo, enquanto o rival francês obteve desempenho superior desde o início e se classificou às semifinais com tranquilidade.

Antes disso, o brasileiro havia passado por ninguém menos do que o lendário Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial, na repescagem, fase em que assegurou classificação às quartas de final ao derrotar o norte-americano por 17,97 a 9,16.

Ele disputou esta repescagem após ter decepcionado em sua bateria na quarta fase da competição, na qual também foi superado por Jeremy Flores, que somou 15,37 pontos, contra 12,10 do brasileiro e 7,57 de Ítalo Ferreira, que depois foi às quartas de final ao levar a melhor sobre o italiano Leonardo Fioravanti, por 6,34 a 0,90, na repescagem.

IAN GOUVEIA NA SEMIFINAL

Se Medina caiu e deu adeus ao sonho de conquistar o título mundial pela segunda vez em sua carreira, um outro brasileiro avançou às semifinais do Pipe Masters. Trata-se de Ian Gouveia, que nas quartas eliminou o australiano Joel Parkinson por 9,70 a 8,40.

Outro brasileiro que disputou as quartas de final, Ítalo Ferreira acabou sendo eliminado pelo norte-americano Kanoa Igarashi, que ganhou apertada disputa por 9,57 a 8,67. Assim, avançou para encarar na semifinal Jeremy Flores, enquanto Gouveia medirá forças com o bicampeão mundial John John Florence, também em disputa nesta segunda.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.