Divulgação/ASP South America
Divulgação/ASP South America

Medina conquista 'título duplo' na França e assombra surfe mundial

Paulista de 17 anos venceu campeonatos pro junior e profissional e se junta à elite em setembro

estadão.com.br

22 de agosto de 2011 | 19h52

LACANAU - O paulista Gabriel Medina, de apenas 17 anos, fez história na França. De novo com nota 10 na final, ele conquistou o título do tradicional Sooruz Lacanau Pro com uma larga vantagem de 19,23 x 15,36 pontos sobre o australiano Mitch Crews no domingo. Na mesma semana, ele já havia festejado uma vitória inédita na categoria Pro Junior. É a primeira vez que um mesmo surfista vence os dois títulos nos 32 anos da etapa de Lacanau. Os seus aéreos incríveis foram a atração da semana na Grande Plage e arrancaram quatro notas 10 dos juízes.

"Eu nunca tinha vencido uma etapa em eventos Pro Junior e ganhar de novo aqui na França, na mesma semana ainda, foi muito legal, estou muito feliz", disse Gabriel Medina. "Eu tenho treinado bastante as manobras desde o ano passado e entro para arriscar mesmo nas baterias. Eu não tenho nada a perder, então fico tentando os aéreos mais difíceis depois que já consigo uma boa vantagem nas baterias. É isso, tento apenas me divertir mostrando o que sei fazer e tem dado certo."

Na decisão da segunda etapa da "perna européia" do ASP World 6-Star, atropelou seu adversário fazendo uma coleção de "high scores" a cada onda surfada. Começou com uma nota 8,00, depois conseguiu um 7,43, na onda seguinte o primeiro show levou nota 9,23 e ainda ganhou 7,10, 9,00 e 8,53, antes de receber a nota máxima com um aéreo-reverse fantástico seguido por várias manobras até o fim da onda. Medina compete com uma tranqüilidade impressionante para um jovem de apenas 17 anos de idade e na etapa do Pro Junior tirou três notas 10, duas delas na semifinal perfeita de 20 pontos.

"Estou muito feliz e, ao mesmo tempo, chocado", disse o vice-campeão Mitch Crews, 21 anos. "Ele (Gabriel Medina) só me envergonhou aqui (risos). Na verdade, ele é um surfista incrível e você pode até aprender com ele, mesmo sendo ainda muito jovem. É um surfista muito talentoso e estou feliz pelo segundo lugar. Semana passada fiquei em terceiro na Inglaterra, agora em segundo aqui na França, então estou conseguindo uma boa campanha na perna européia e isso me deixa feliz também".

Medina já vai se integrar à elite do surfe mundial no Quiksilver Pro Nova York, de 04 a 15 de setembro nos Estados Unidos. Apenas os 32 primeiros colocados no ranking mundial disputarão a segunda metade da temporada - o brasileiro virou o 17º da lista após a vitória na França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.