Site/WSL
Site/WSL

Medina e Filipinho avançam às quartas de final na etapa do Taiti

Ex-campeão mundial terá outro confronto nacional pela frente. Seu rival será Italo Ferreira

Estadão Conteúdo

17 Agosto 2018 | 00h46

Os surfistas brasileiros Gabriel Medina e Filipe Toledo asseguraram vaga nas quartas de final da etapa do Taiti do Circuito Mundial, nesta quinta-feira (manhã de sexta no horário local). Líder do campeonato, Filipinho obteve seu melhor resultado nas ondas cavadas de Teahupoo, na tentativa de se manter na ponta.

Em dia de ondas pequenas, após uma quarta-feira sem disputas justamente por falta de ondulações, Filipinho começou o dia superando o polinésio Tikanui Smith por 14,66 a 6,90, pela terceira fase. Na disputa seguinte, foi batido pelo australiano Owen Wright por 12,67 a 11,40. Mas superou na mesma bateria o japonês Kanoa Igarashi, que anotou 8,26.

Em segundo na bateria, o brasileiro se garantiu nas quartas de final, quando enfrentará o sul-africano Michael February, em duelo que deve acontecer nesta sexta. Filipinho nunca passou do 9º lugar na etapa taitiana do circuito, mas vem superando esta marca graças a treinos intensivos no local dias antes do início da disputa.

Medina, por sua vez, iniciou o dia batendo o compatriota Wiggolly Dantas por 14,73 a 13,67. Na sequência, pela quarta fase, o campeão mundial de 2014 anotou 13,67 e superou o norte-americano Kolohe Andino (10,43) e Yago Dora (9,50). Nas quartas de final, Medina terá outro confronto nacional pela frente. Seu rival será Italo Ferreira.

A fase de quartas terá outro duelo de apenas uma nacionalidade, entre os australianos Owen Wright e Wade Carmichael. O confronto restante desta fase será entre o francês Jeremy Flores e o norte-americano Kolohe Andino.

Entre os demais brasileiros, Yago Dora foi eliminado na quarta fase, na mesma bateria de Medina. Na terceira fase, caíram Michael Rodrigues, Jessé Mendes, Ian Gouveia, Wiggolly Dantas e Adriano de Souza, o Mineirinho.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.