Ed Sloane/WSL
Ed Sloane/WSL

Medina perde na semi para Owen Wright, que vence melhor amigo na 1ª etapa do Mundial de Surfe

Australiano assume liderança no ranking mundial do esporte

Mateus Fagundes, especial para o Estadão, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2017 | 02h13

SÃO PAULO - O surfista Owen Wright eliminou o brasileiro Gabriel Medina na semifinal de Gold Coast, na Austrália, a primeira do Circuito Mundial de Surfe. Embalado, o australiano garantiu ainda a vitória no circuito na terra natal e se tornou o líder da categoria.

Medina vinha bem após a vitória contra Kelly Slater nas quartas, quando o brasileiro virou de última hora contra o americano e conseguiu tirar um 9,17 em sua última onda.

Mas Wright levou a melhor. O atleta, que perdeu toda a temporada do ano passado por causa do tratamento de uma lesão na cabeça, voltou ao esporte mais forte do que nunca. Medina até tentou atacar no final da disputa, mas, machucado no joelho, perdeu o equilíbrio e caiu na água. Com isso, o australiano marcou 15,74 pontos na bateria, contra 10,44 do brasileiro.

Campeão. E o mar parecia mesmo estar favorável a Wright. O australiano venceu o melhor amigo e conterrâneo Matt Wilkinson por 14,66 a 13,50 e assumiu a liderança do ranking mundial.

Medina terminou a primeira etapa do Mundial de Surfe empatado em terceiro lugar com o havaiano John John Florence. O próximo circuito é em Margaret River, na Austrália, entre os dias 29 de março e 9 de abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.