Ed Sloane/WSL
Ed Sloane/WSL

Medina tira 9,17 na última onda, elimina Slater e vai à semi na Austrália

Brasileiro consegue virada no fim e agora enfrenta o australiano Owen Wright

O Estado de S.Paulo

18 de março de 2017 | 20h40

Foi com emoção até o fim, mas Gabriel Medina confirmou a "freguesia" de Kelly Slater e, com uma onda incrível nos instantes finais, despachou o norte-americano e se garantiu na semifinal na etapa de Gold Coast, a primeira do Circuito Mundial de Surfe.

A bateria foi disputada do início ao fim, mas Slater levava vantagem até os instantes finais. Tudo parecia que ia "para o espaço" quando, com pouco mais de três minutos restantes, Medina tentou entrar em uma onda, desistiu e perdeu a prioridade. Porém, não se deve duvidar de um campeão mundial. Precisando reverter a desvantagem e tendo apenas mais uma oportunidade para isso, ele fez uma série de manobras para tirar um 9,17 em sua última onda. Vendo que o brasileiro estava bem, o norte-americano decidiu pegar a onda seguinte e também conseguiu um bom desempenho, mas não passou de 7,50.

Com a vitória, Medina, que deu um susto no início do evento ao deixar o mar mancando no primeiro dia de disputas, se credencia agora à semifinal contra o australiano Owen Wright, que despachou seu compatriota Connor O'Leary. Na outra semifinal, Matt Wilkinson, atual campeão da etapa, enfrenta John John Florence, campeão mundial de 2016, que eliminou o brasileiro Italo Ferreira nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.