Meia tem atuação discreta em treino

A pré-estreia de Ganso pelo São Paulo foi ontem. Pela primeira vez ele atuou em uma partida contra um adversário, apesar de ter sido apenas em um jogo- treino contra a equipe reserva do Guarani. O meia jogou por 35 minutos e teve atuação discreta.

O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2012 | 02h02

A principal jogada dele foi um belo toque para Luis Fabiano perder um gol feito. Ele também deu alguns passes de calcanhar. Fora isso, o jogador se movimentou pouco, com sinais de que ainda está cauteloso com certos movimentos.

Ganso não entra em campo desde 29 de agosto, quando ainda estava no Santos. Desde que chegou ao São Paulo, em setembro, está se recuperando de uma lesão na coxa esquerda. "Feliz demais por poder participar do jogo treino e me sentir bem e com confiança para a estreia", disse o jogador no Twitter.

Para a atividade, o técnico Ney Franco escalou o time principal. A única mudança foi justamente a entrada de Ganso no lugar de Lucas, que estava em viagem de volta dos Estados Unidos, onde defendeu a seleção brasileira na quarta-feira contra a Colômbia.

O setor de criação armado com a dupla Jadson e Ganso já é uma prévia do time para o ano que vem, pois Lucas parte em janeiro para o Paris Saint-Germain, da França.

Ontem, também voltaram ao time o lateral-direito Paulo Miranda, recuperado de um entorse no tornozelo esquerdo, e o volante Wellington, que cumpriu suspensão contra o Grêmio. Ambos estão confirmados como titulares contra o Náutico.

O jogo-treino foi vencido pelo São Paulo por 5 a 0. "Todo mundo sabe da qualidade do Ganso. Agora pude atuar junto e receber algumas bolas diferenciadas. É apenas o começo, tenho certeza de que ele vai consagrar os atacantes", disse Osvaldo. / C.C

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.