Melo e Adão são suspensos por 2 anos

Luciano Santos Lima de Melo (SP) e Arlete Soares Adão (RJ) estão suspensos por dois anos das provas do atletismo por doping. Luciano teve resultado positivo para a substância proibida nortestosterona, durante o Festival de Revezamento, no Rio, em maio de 2004. O exame de Arlete feito na Maratona do Rio, em junho, acusou a mesma substância.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2005 | 19h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.