Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Melo e Sá vencem croatas

Dupla ganha por 3 a 2 e deixa a decisão para hoje

Chiquinho Leite Moreira, O Estadao de S.Paulo

20 de setembro de 2008 | 00h00

Marcelo Melo e André Sá venceram ontem a forte dupla da Croácia e mantiveram viva a esperança de buscar uma vaga no Grupo Mundial da Copa Davis de 2009, o que daria nova vitalidade ao tênis do Brasil. Esse novo sopro de vida veio com a bela e emocionante vitória da dupla brasileira - hoje uma das dez melhores do circuito -, que, com raça e competência, bateu o poderoso saque de Ivo Karlovic e a eficiência de Lovro Zovko por 6/7 (3/7), 6/2, 7/5, 6/7 (5/7) e 6/3, em 3h49, no carpete de Zadar. A Croácia está em vantagem de 2 a 1.Com este placar, o tênis brasileiro precisa de duas novas vitórias nos jogos de hoje. Logo pela manhã, às 7 horas (horário de Brasília), Thomaz Bellucci enfrenta Ivo Karlovic. O brasileiro tem potencial para buscar o segundo ponto do Brasil. Afinal, é talentoso e Karlovic pode sentir o desgaste de um fim de semana exigente. Na sexta-feira jogou simples diante de Tiago Alves e, neste sábado, passou quase quatro horas em quadra na partida de duplas. Se Bellucci vencer, a decisão ficará então nas mãos de Tiago Alves, que disputará o definitivo ponto diante de Mario Ancic, um jogador que já esteve entre os dez primeiros do ranking e sabe como poucos tirar proveito de uma quadra rápida como o carpete de Zadar. Mesmo diante deste difícil cenário, o resultado das duplas sem dúvida deu novo ânimo à equipe brasileira. SUÍÇA FICAA dupla medalha de ouro dos Jogos Olímpicos de Pequim Roger Federer e Stanislas Wawrinka marcou o terceiro e decisivo ponto da Suíça, no confronto diante de Bélgica, em Lausanne, e conseguiu alcançar o objetivo de manter os suíços no Grupo Mundial da Davis para 2009. Ontem, Federer e Wawrinka bateram os belgas Xavier Malisse e Olivier Rochus por 4/6, 7/6 (7/6), 6/3 e 6/3. Já , em Madri, a dupla americana venceu os espanhóis Feliciano López e Fernando Verdasco por 3 a 2 (4/6, 6/4, 6/3, 4/6 e 6/4) e diminuiu a diferença para 2 a 1. A decisão será hoje com dois jogos individuais: Rafael Nadal x Andy Roddick e David Ferrer x Sam Querrey.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.