Menino de 11 anos voa sem documentos às vésperas da Olimpíada

Um menino de 11 anos que voou de Manchester a Roma sem passaporte ou bilhete de embarque nas vésperas da Olimpíada de Londres causou constrangimento às autoridades aeroportuárias, que investigam como ele conseguiu.

SO, Reuters

25 de julho de 2012 | 11h35

John Greenway, porta-voz do aeroporto de Manchester, disse que a investigação inicial revelou que o menino passou pelo controle alfandegário e pela verificação de passagens sem documentos na terça-feira simplesmente ficando perto de famílias. Ele foi descoberto somente depois que passageiros demonstraram preocupação durante o voo.

Manchester, no norte da Inglaterra, sedia várias seleções de futebol dos Jogos no famoso estádio de Old Trafford, lar do time Manchester United.

O aeroporto e a companhia aérea, a Jet2, suspenderam vários funcionários. A secretária de Transporte, Justine Greening, exigiu um relatório.

"Vamos procurar retificar (a situação) assim que possível, garantir que não volte a acontecer", disse Greenway.

O aeroporto enfatizou que o menino não representou um risco à segurança.

"Ele de fato passou por toda a verificação de segurança, por isso não representou um risco a si mesmo, a outros passageiros ou à aeronave", afirmou Russell Craig, diretor de comunicações do aeroporto de Manchester, ao canal Sky TV.

O menino foi escoltado de volta a Manchester e encaminhado aos pais na noite de terça-feira.

O porta-voz Greenway disse que o aeroporto não reforçou sua segurança para o nível dos aeroportos internacionais no entorno de Londres, que estão recebendo a maioria dos visitantes para a Olimpíada entre 27 de julho e 12 de agosto.

"Mas é o período mais movimentado do verão para nós, então haverá pessoal de segurança adicional de qualquer forma", disse.

Falando à TV, a secretária de Transporte Greening declarou: "Fazemos absoluta questão de garantir que a verificação de segurança esteja sendo feita e obviamente vou acompanhar este caso de perto para entender o que aconteceu."

Tudo o que sabemos sobre:
OLIMPMENINOVOO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.