Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Mesmo com derrota brasileira, quase 35 mil torcedores fazem festa para ver rúgbi no Morumbi

Seleção brasileira recebeu a tradicional equipe dos All Blacks Maori, da Nova Zelândia

Paulo Favero, O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2018 | 23h31

A seleção brasileira de rúgbi perdeu neste sábado à noite para os All Blacks Maori por 35 a 3. O resultado já era esperado, mas o duelo teve momentos de equilíbrio e mostrou que o time nacional vai caminhando pouco a pouco para atingir seu maior objetivo: se classificar para uma edição da Copa do Mundo.

No estádio do Morumbi e debaixo de chuva, quase 35 mil torcedores vibraram ao ver a seleção da Nova Zelândia fazer o famoso Haka no gramado, antes do apito inicial. Para além do campo de jogo, a Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) e seus parceiros fizeram muitas ativações para entreter os fãs.

Uma delas foi a chegada da bola do jogo em um drone. Como era esperado um grande público, inclusive de pessoas que nunca viram uma partida de rúgbi ao vivo, um material com regras foi distribuído aos torcedores. Teve ainda distribuição de brindes, concurso de chutes no intervalo do jogo e até um DJ tocando músicas antes do início e no intervalo.

"Sempre tive vontade de ver um jogo de rúgbi do Brasil no estádio, mas nunca tinha tido a oportunidade. Quando fiquei sabendo, comprei o ingresso. Já tinha vindo no Morumbi para ver futebol e no rúgbi o ambiente é totalmente diferente", afirmou Jair Correia, de 34 anos. Sua esposa Jéssica aprovou o evento. "Não conheço muito as regras, mas adorei a experiência", disse.

A intenção da CBRu era divulgar ainda mais a modalidade, que neste ano teve um excelente resultado ao conquistar o Campeonato Sul-Americano de 15 pela primeira vez na história, superando inclusive a favorita Argentina.

 
Mais conteúdo sobre:
All Blacks Maorirúgbi

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.