Mesmo com o vice, Federer aumenta a vantagem para Nadal

Mesmo com a derrota para o espanhol Rafael Nadal na decisão do Torneio de Roland Garros, no domingo, o tenista suíço Roger Federer viu sua vantagem para o bicampeão do Aberto francês aumentar no ranking de Entradas da ATP, divulgado nesta segunda-feira. O número 1 do mundo subiu para 7.035 pontos, enquanto que Nadal ficou estacionado nos 4.545 pontos.A explicação para isso está na forma como o ranking é feito. Como foi semifinalista em Roland Garros no ano passado - havia perdido para Nadal -, Federer ganhou pontos por ter chegado mais longe nesta temporada. O espanhol, no entanto, apenas defendeu seus pontos conquistados com o título de 2005 na vitória sobre o argentino Mariano Puerta.A tendência para as próximas semanas, quando serão jogados torneios na grama, é o inverso, já que agora é Federer que terá de defender seus pontos. Campeão do Torneio de Halle (Alemanha) e de Wimbledon (terceiro Grand Slam da temporada) no ano passado, o suíço terá que repetir as campanhas para não perder pontos. Coisa que Nadal não precisa se preocupar, pois não teve bons resultados neste tipo de piso em 2005.Entre os brasileiros, o paulista Flávio Saretta foi o único a atingir a segunda rodada em Paris, mas perdeu pontos no ranking por não ter atingido a mesma campanha da edição anterior - terceira rodada. Com isso, caiu 19 posições e está agora em 108.º lugar, com 393 pontos. O gaúcho Marcos Daniel, eliminado na estréia, ganhou cinco colocações e está em 83.º lugar, com 479 pontos. Gustavo Kuerten é o 468.º colocado, com 55 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.