Meta é vencer os dois próximos jogos em casa

Após perder a liderança do Brasileiro com uma derrota nos minutos finais, em jogo bastante disputado no Sul, o Corinthians se concentra agora nas duas partidas seguidas que vai fazer no Pacaembu, contra Botafogo e Ceará, para se reabilitar.

Bruno Deiro, O Estado de S.Paulo

27 de setembro de 2010 | 00h00

Além disso, o time do Parque São Jorge tem como trunfo o jogo a mais a realizar em relação ao Fluminense para reaver a ponta. "Não terminou o campeonato, ainda temos um jogo a mais. Temos de olhar lá na frente", lembrou Adilson Batista. "Mas precisamos pensar por etapas. Na quarta-feira, teremos um jogo difícil em casa contra o Botafogo."

O técnico espera que o time tenha uma apresentação mais equilibrada em relação ao jogo contra o Inter. Após a derrota de ontem no Beira-Rio, Adilson lamentou que a equipe tenha se recuperado apenas depois do intervalo, após uma atuação apática na etapa inicial. "No primeiro tempo não jogamos bem. Erramos muitos passes e poderíamos ter virado mais a bola. Já no segundo, fomos bem."

O técnico não terá Paulo André, expulso ontem nos minutos finais, e deve apressar o retorno de Chicão. Após ganhar chance na segunda etapa, Edu espera novas oportunidades com o treinador. "Com a chegada do Adilson, minha situação melhorou. Espero poder jogar mais a cada dia, porque todo mundo sabe do meu carinho pelo clube."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.