Antonio Lacerda/EFE
Antonio Lacerda/EFE

Michael Johnson oferece CT nos EUA, em Mckinney, para brasileiros

Proposta foi bem aceita pelo COB, que conversará com CBAt para enviar atletas nos próximos meses

AE, Agência Estado

13 de março de 2013 | 17h36

RIO - Um dos maiores nomes da história do atletismo olímpico, o norte-americano Michael Johnson se reuniu na noite de terça-feira com autoridades do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e ofereceu o seu centro de treinamento em alta performance em Mckinney, nos Estados Unidos, para os atletas brasileiros.

"A proposta foi muito bem aceita pelo COB, que ficou de conversar com a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) para estudar a possibilidade de enviar atletas já nos próximos meses", comentou Marcus Vinicius Freire, superintendente executivo de esportes do COB.

Johnson, dono de quatro medalhas de ouro olímpicas, veio ao Brasil para participar da entrega do prêmio Laureus, o Oscar do esporte, na segunda. Além dele e de Freire, participaram da reunião o gerente-geral de performance esportiva do COB, Jorge Bichara, o gerente de operações internacionais do COB, Gustavo Harada, e Luis Alexandre Pontes Rodrigues, representando a Nike, parceira do COB e do norte-americano.

"A visita do Michael Johnson é motivo de orgulho para o COB. É importante estabelecermos parcerias com grandes ícones do esporte e oferecer aos nossos atletas o que há de melhor no mundo em termos de preparação esportiva", destacou Marcus Vinicius Freire.

"Nós discutimos as oportunidades para a minha companhia trabalhar com o COB para ajudar na melhora do desempenho dos atletas brasileiros nos próximos anos. Esta é uma grande oportunidade para nós e para os atletas brasileiros que buscam um diferencial, que os levem a entrarem em posição de medalha. Aqui, obviamente, já existem ótimos atletas com grandes treinadores, mas o objetivo deste acordo é tentar proporcionar uma pequena melhora que os leve de semifinalistas a finalistas, de finalistas a medalhistas, de medalhistas a medalha de ouro", explicou Michael Johnson.

Tudo o que sabemos sobre:
atletismoCOBMichael JohnsonRio 2016

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.