Mark J Terrill/AP - 04/08/2010
Mark J Terrill/AP - 04/08/2010

Michael Phelps começa 2011 pensando na Olimpíada de Londres

Norte-americano vai disputar seis provas no Grand Prix de Austin para 'se sentir bem na água'

AE-AP, Agência Estado

14 de janeiro de 2011 | 10h58

Michael Phelps terminou 2010 questionado até pelo seu treinador, Bob Bownan, que declarou que ele não era mais o melhor nadador do mundo. Agora, em 2011, ele começa a sua preparação a Olimpíada de 2012. E tudo inicia nesta sexta-feira com o Grand Prix de Austin, na Universidade do Texas, nos Estados Unidos.

O astro garantiu que deixou de lado todas as distrações para se concentrar no Mundial de Natação deste ano e nos Jogos de Londres. Em Austin, Phelps vai disputar seis provas e enfrentará cinco vezes Ryan Lochte, que lhe superou no último Campeonato Nacional dos Estados Unidos e dominou o Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta (25 metros).

"Apenas chegar e participar de algumas provas já é o primeiro passo. Treinar poderia ser melhor, poderia ser pior. Estou começando a me sentir um pouco melhor na água. Ser capaz de me sentir bem na água, é melhor estar em um ambiente de competição, especialmente com alguns caras que eu serei capaz de competir contra".

Bowman começou a contar os dias para as provas olímpicas e lembra Phelps regularmente que as semanas para os Jogos de Londres estão passando. "Todo mundo sabe que é hora de começar a se concentrar, nadando e me preparando para isso. É difícil acreditar que Pequim foi dois anos atrás", disse o nadador.

Phelps disse que ainda não definiu quais provas pretende nadar a Olimpíada de 2012. Mas ele garantiu que segue motivado, apesar de acumular 14 medalhas olímpicas. "Se eu não tivesse objetivos, eu não iria enfrentar mais quatro anos", disse. "Ainda há coisas neste esporte que eu quero realizar e eu sei o quanto isso vai ser duro".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.