Mike Tyson entra para o Hall da Fama do Boxe

O norte-americano Mike Tyson, ex-campeão mundial dos pesos pesados, e o mexicano Julio Cesar Chávez, que foi campeão mundial em três categorias diferentes, foram nomeados nesta terça-feira para o Hall da Fama do Boxe. Lendas do esporte, os dois astros também ficaram marcados por problemas foras dos ringues.

AE, Agência Estado

07 de dezembro de 2010 | 19h00

Tyson se tornou o mais jovem lutador a obter o cinturão dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe. Depois, também foi campeão pela Federação Internacional de Boxe e pela Associação Mundial de Boxe. Em 1992, porém, ele foi preso. E em 1997 mordeu a orelha de Evander Holyfield durante uma luta. Já Chávez foi cinco vezes campeão mundial em três categorias diferentes. Mas enfrentou problemas por acusações de sonegação fiscal nos Estados Unidos.

Além deles, o ator Sylvester Stallone, o treinador mexicano Ignacio "Nacho" Beristain, o pugilista russo Kostya Tszyu e o árbitro norte-americano Joe Cortez também foram incluídos entre os agraciados para a classe de 2011 do Hall da Fama do Boxe, de acordo com informações publicadas no seu site oficial.

Os escolhidos entrarão oficialmente para o Hall da Fama do Boxe no dia 12 de junho de 2011, em cerimônia a ser realizada na cidade de Canastotta, no Estado de Nova York. A escolha dos homenageados foi feita através da Associação de Jornalistas do Boxe e de historiadores do esporte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.