Mike Tyson revela ter sofrido abuso sexual quando tinha sete anos

Mike Tyson revela ter sofrido abuso sexual quando tinha sete anos

Em entrevista a programa norte-americano, ex-pugilista diz que não denunciou homem mais velho por crime cometido em sua infância

O Estado de S. Paulo

31 de outubro de 2014 | 11h17

A infância problemática de Mike Tyson teve mais um capítulo revelado nesta sexta-feira. Em entrevista a uma rádio norte-americana, o ex-pugilista contou que sofreu abuso sexual de um desconhecido quando tinha apenas sete anos de idade.

"As pessoas não me conheciam, não sabiam que a gente precisava de dinheiro e comida, de como minha vizinhança era perigosa e que fui abusado sexualmente por um cara", revelou Tyson ao programa Opie Radio, da emissora Sirius XM, dos Estados Unidos.

Durante o programa, Tyson disse que estava na rua, quando um homem mais velho o agarrou e abusou dele. Depois do crime, o ex-pugilista disse que saiu correndo e nunca mais o viu. "Não sei se isso mudou algo em mim ou não. Às vezes eu me lembro, às vezes não", afirmou Tyson, que contou não ter revelado o episódio para ninguèm à época.

O cartel de 50 vitórias em 58 lutas esconde o que foi a infância de Mike Tyson. Antes de se tornar um campeão mundial, o peso-pesado teve um início de vida problemática no Brooklyn, bairro onde nasceu. Em sua autobiografia, o ex-pugilista revelou que na época em que sua mãe perdeu o emprego na Casa de Detenção de Mulheres, cometia pequenos furtos, sendo preso por mais de 30 vezes, antes de ser levado ao reformatório.

Tudo o que sabemos sobre:
boxemike tysonabuso sexual

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.