Milan confirma Kaká e Ronaldinho

Na 6.ª colocação, time aposta nos brasileiros para sua recuperação

O Estadao de S.Paulo

25 de outubro de 2008 | 00h00

O Milan espera seguir sua fase de recuperação na temporada, após um início irregular, com tropeços surpreendentes em casa, além de um futebol de baixo nível. O adversário hoje (a partir das 11 horas, de Brasília) é a Atalanta, em Bérgamo. A equipe dos brasileiros Dida, Kaká e Ronaldinho Gaúcho soma 13 pontos em sete jogos, com quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Na última rodada, boa vitória sobre a Sampdoria por 3 a 0, no Estádio San Siro, com dois gols de Ronaldinho e boa atuação de Kaká.Pela Copa da Uefa, tudo vai bem para o Milan, que, na quinta-feira, passou fácil pelo Heerenven, na Holanda, por 3 a 1. A diretoria pensa em levar por três ou quatro meses o meia inglês David Beckham, de 33 anos, atualmente no Los Angeles Galaxy, da Liga Norte-Americana de Futebol.O maior rival do time de Kaká, a Internazionale, também entra em campo hoje, para enfrentar o Genoa, com o objetivo de terminar a rodada na liderança do Campeonato Italiano. A Inter tem 16 pontos e deve parte de sua boa fase ao atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, que é hoje o jogador mais bem pago do mundo, recebendo cerca de 12 milhões ao ano. OUTROS JOGOSUma partida que deve proporcionar emoção ao público neste domingo é entre Lazio e Napoli, em Roma. A Lazio tem 13 pontos e o Napoli, 14. Os dois ocupam as primeiras posições e têm como objetivo conquistar um lugar na Copa dos Campeões da Europa da próxima temporada, embora a competição esteja apenas começando.Nos outros jogos do domingo, o Cagliari recebe o Chievo Verona, a Reggina pega o Lecce, a Sampdoria encara o Bologna, a Udinese recebe a Roma - que está em crise e vem de derrota para o Chelsea na Copa dos Campeões - e o Palermo desafia a Fiorentina.Ontem, aconteceram apenas duas partidas na abertura da oitava rodada. No primeiro jogo, Siena e Catânia empataram por 1 a 1. Mais tarde, a Juventus venceu o Torino por 1 a 0, gol do brasileiro Amauri, mas continua mal colocada, na 12ª posição, com 9 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.