Milan ganha outra e fica na torcida contra o Napoli

Depois da vitória por 3 a 0 (um dos gols de Robinho), líder amplia a vantagem e hoje espera por um tropeço do rival

, O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2011 | 00h00

Com um gol de Robinho e outros dois de Seedorf e Cassano (pênalti), o Milan bateu a Sampdoria por 3 a 0 no Estádio San Siro e passou a somar 71 pontos, na liderança do Campeonato Italiano. Para aumentar a alegria da torcida rossonera, a rival Internazionale perdeu do Parma por 2 a 0 (um dos gols do brasileiro Amauri)e ficou bem mais distante do título, seguindo com 63 pontos. No outro jogo de ontem, o Palermo surpreendeu e venceu a Roma no Olímpico por 3 a 2.

Hoje, o Milan fica na torcida contra a concorrência. O Napoli, que ocupa a vice-liderança com 65 pontos, tem a obrigação de superar a boa equipe da Udinese (56) no Estádio San Paolo para manter a diferença de três pontos estabelecida antes do início da 33.ª rodada do campeonato (que tem um total de 38). Também hoje, a Lazio (57) visita o Catania (36) na Sicília, em jogo complicado, já que a equipe da casa luta contra o rebaixamento.

Apesar da vantagem, o técnico do Milan, Massimo Allegri, contém a euforia. "Temos de continuar concentrados, porque as coisas podem mudar", avisou.

Já o técnico Leonardo, da Internazionale, ainda faz contas, apesar dos fracassos na Copa dos Campeões e no jogo de ontem. "Temos 5 jogos e 15 pontos por disputar. A diferença de 8 pontos é muito grande para tirar, mas este é o nosso objetivo", afirmou o brasileiro, que deve ser demitido ao final do campeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.