Mineirinho e Medina vencem na estreia na etapa francesa de surfe

Após dois dias de adiamento em função das condições ruins do mar, a etapa francesa do Circuito Mundial de Surfe começou nesta quinta-feira, em Hossegor, com desempenho regular dos dez brasileiros nas baterias da primeira fase. Três deles - Adriano de Souza, o Mineirinho, Gabriel Medina e Tomas Hermes - se classificaram direto para a terceira fase, enquanto sete terão que disputar a repescagem.

O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2015 | 14h18

Mineirinho, o segundo colocado no ranking mundial, atrás apenas do australiano Mick Fanning, avançou com 16,00 pontos, em uma bateria que também contou com a presença do brasileiro Caio Ibelli (6,37). Batido, Caio agora vai encarar o australiano Owen Wright na repescagem.

Já Gabriel Medina, com 14,33 pontos, venceu uma bateria que também contou com as presenças do australiano Matt Wilkinson (6,76) e do havaiano Dusty Payne (4,33). Filipe Toledo (9,93), que está em terceiro lugar na temporada, foi batido por um compatriota, Tomas Hermes (11,57). Na repescagem, Filipe Toledo terá pela frente o francês Maxime Huscenot.

Alejo Muniz (10,93) foi superado pelo havaiano John John Florence (18,60) e ainda deixou a sua bateria com dores no joelho esquerdo. Seu adversário na repescagem vai ser o compatriota Italo Ferreira, que fez 14,84 pontos, insuficiente para superar o australiano Adrian Buchan, que somou 18,40. Em uma bateria definida apenas no desempate entre dois surfistas norte-americanos, Jadson André (10,90) e Kelly Slater (14,84) perderam para Brett Simpson (14,84).

Já Miguel Pupo (10,83) foi batido pelo australiano Julian Wilson (18,80), quinto colocado na classificação da temporada. Agora Jadson André e Pupo vão duelar na repescagem. Na última bateria do dia, Wiggolly Dantas, com 10,73, caiu para o australiano  C.J. Hobgood, com 15,43 pontos. O taitiano Michel Bourez será o seu adversário na repescagem, prevista para ser realizada nesta sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeMedina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.