Ministro bate pesado: 'Hamilton é um idiota'

Ministro bate pesado: 'Hamilton é um idiota'

MELBOURNE

, O Estadao de S.Paulo

31 de março de 2010 | 00h00

A reputação do britânico Lewis Hamilton sofreu mais um arranhão ontem. O piloto da McLaren foi chamado de "idiota" pelo ministro das Estradas do Estado de Vitória, Tim Pallas, por direção imprudente. Sobrou também para o piloto local, Mark Webber, da Red Bull, que criticou as leis locais, que tratam os cidadãos locais como "babás". Pallas rebateu chamando o australiano de "irresponsável".

Os problemas de Hamilton começaram com um cavalo de pau nas imediações do Circuito de Albert Park diante das autoridades policiais. O piloto foi multado por "direção indevida". No Estado, está em vigor uma campanha publicitária com o objetivo de conscientizar os jovens a dirigir de forma responsável. O slogan é "Não seja idiota". Em entrevista a uma rádio australiana, Pallas, a princípio, classificou Hamilton como um jovem muito tonto, mas, pressionado pelo apresentador a respeito da campanha, declarou: "Bom, sim, está bem: é um idiota."

Webber, ao saber o que havia acontecido com Hamilton, reclamou da rigorosidade das leis. "É um grande país (a Austrália), mas temos de ser responsáveis por nossas ações e é um maldito estado de babás quando se trata de definir o que se pode fazer." Pallas rebateu o comentário. "Penso que o que ele (Webber) fez foi totalmente irresponsável, ainda que não tenha mostrado o mesmo comportamento de Lewis Hamilton, que colocou em risco a vida de pessoas."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.