Ministro britânico encarregado dos Jogos quebra sino olímpico

O ministro britânico a cargo da Olimpíada de Londres, Jeremy Hunt, havia dito nesta sexta-feira que não podia prometer um torneio sem deslizes - e pouco depois quebrou um sino olímpico, que se desprendeu do badalo e atingiu seu assessor de imprensa.

Reuters

27 de julho de 2012 | 10h35

"Minha nossa! Momento terrível este!", disse constrangido Hunt, que é secretário de Estado para Cultura, Esporte, Olimpíada e Mídia, falando à TV Reuters depois de derrubar o sino cerimonial.

Verificando que seu assistente não estava ferido, Hunt afirmou: "Pronto, desastre evitado, obrigado. Você apareceu mais na TV do que esperava."

Hunt participava em Londres de um evento nacional de badalação de sinos para comemorar o início oficial dos Jogos.

Antes de sua trapalhada, ele afirmou: "Não posso dizer que não haverá deslizes, porque esta é uma das maiores coisas que se pode fazer... há muitas coisas que têm que dar certo. Sempre surgem um ou dois problemas. Mas estou confiante em que estamos prontos."

(Por Paul Majendie)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.