AO VIVO

Confira tudo sobre a Copa do Mundo da Rússia 24 horas por dia

Ministro critica organização dos Jogos

O Ministério do Esporte divulgou nota informando que o ministro Agnelo Queiroz enviou mensagem de solidariedade ao atleta brasileiro Vanderlei Cordeiro de Lima, atropelado na pista por um fanático irlandês no momento em que liderava a maratona das Olimpíadas de Atenas, no domingo. Na mensagem, o ministro elogia o maratonista, critica a organização dos jogos olímpicos e informa ter pedido ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a adoção de "providências firmes" em relação ao incidente. Agnelo Queiroz ministro considera que as decisões da organização das Olimpíadas de 2004 em relação ao caso foram "pouco enérgicas e ineficazes, já que estão longe de reparar os danos causados ao maratonista brasileiro." O ministro do Esporte solicitou ao Ministério das Relações Exteriores "empenho" no sentido de "reforçar as ações brasileiras junto ao governo grego e a entidades internacionais envolvidos na questão." Agnelo Queiroz, ao criticar a ineficácia da organização das Olimpíadas, afirma que "Vanderlei era, sem sombra de dúvidas, o vencedor da maratona quando foi agarrado em plena pista, por falta de segurança." O ministro, segundo a nota, logo após o incidente, no domingo, telefonou imediatamente ao presidente do COB, Carlos Artur Nuzman, manifestando "integral apoio" às ações que o comitê venha a adotar. Na mensagem a Vanderlei Cordeiro de Lima, o ministro do Esporte, além de elogiar sua atuação, expressou-lhe "solidariedade e apoio para que o dano seja reparado."

Agencia Estado,

30 Agosto 2004 | 18h53

Mais conteúdo sobre:
olimpíada 2004 olimpíada

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.