Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Minotauro volta às origens e encontra comunidade pacificada no Rio

Lutador brasileiro de MMA será uma das atrações do UFC Rio, no próximo sábado

Bruno Lousada, O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2011 | 19h09

RIO - Uma das atrações do Ultimate Fighting Championship (UFC) do Rio, marcado para o próximo sábado, na Arena da Barra, o lutador Minotauro voltou nesta terça-feira às origens: visitou a Academia Nobre Arte, na comunidade do Cantagalo, na zona sul do Rio, onde dera os primeiros socos. Ele, realmente, curtiu a tarde ensolarada: reviu velhos amigos, brincou com a garotada, tirou dezenas de fotos e viu de perto uma nova realidade: a favela pacificada.

Na sua época, o direito de ir e vir não era para todos. "Havia receio e horário determinado para subir o morro. É bom saber que a comunidade está mais tranquila, em paz", disse Minotauro, feliz por reencontrar Cláudio Coelho, um dos maiores treinadores de boxe do País e fundador da Academia Nobre Arte há 21 anos.

Até hoje, Coelho se dedica ao trabalho social com os jovens do Cantagalo e do morro vizinho Pavão-Pavãozinho. Mais do que ensinar boxe, ele se preocupa em formar cidadãos. "Da mesma maneira que já perdi rapazes para o tráfico, recuperei muito deles. Nunca é tarde para dar a volta por cima", ressaltou.

Na parede de sua academia, além de vários avisos para os jovens evitarem as drogas, está escrito o nome de diversos lutadores de MMA (artes marciais mistas, na sigla em inglês) que passaram por ali e, atualmente, se destacam, como Royce Gracie, Minotouro, irmão de Minotauro, e Vitor Belfort.

"Não adianta treinar um jovem problemático para ele virar uma bomba-relógio e, depois, sair batendo em todo mundo. Na verdade, quero saber mais do que a nota escolar de cada um dos 80 alunos. Gosto de acompanhar o comportamento deles", explicou Coelho, contente com a presença dos atletas de UFC Minotauro, Minotouro, Vitor Belfort e Júnior Cigano na comunidade.

Antes de subir no ringue da academia, a fim de conversar com os jovens alunos, os quatro lutadores fizeram nesta segunda um tour pelo Cantagalo, passaram por diversas vielas, pararam diversas vezes para tirar fotos e despertaram a curiosidade de vários moradores.

Um menino aproximou-se deles e perguntou: "Cadê o Anderson Silva (o lutador brasileiro de UFC mais badalado)?". Minotauro abriu um largo sorriso e respondeu: "Está descansando para a luta de sábado".

Do grupo que foi ao Cantagalo, Minotauro é o único que vai lutar no UFC Rio. Enfrentará o norte-americano Brendan Schaub. "É um prazer ver o sucesso desta academia e o ambiente de disciplina e respeito", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.