Minuzzi passa por cirurgia de 4 horas

Roberto Minuzzi, jogador do Minas e da seleção brasileira de vôlei, passou nesta sexta-feira por uma cirurgia cardíaca de 4 horas no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. Segundo o médico José Pedro da Silva, que o operou, são grandes as chances dele voltar a jogar, mas isso dependerá da sua recuperação.De acordo com o boletim médico divulgado na tarde desta sexta-feira, ?foi feita a cirurgia de substituição da aorta ascendente por uma prótese tubular de Dacron (material sintético) e de reforço preventivo da válvula aórtica, que começava a ficar comprometida.? Minuzzi deve ficar dois ou três dias na UTI e, depois, de sete a dez dias internado no hospital. Segundo o boletim médico, ele poderá ?retomar atividades normais num prazo de três a seis meses?, dependendo do resultado dos exames pós-operatórios que irá realizar.O médico José Pedro da Silva explicou que Minuzzi passará por uma ?investigação minuciosa com exames anatomopatológicos para verificar a origem do problema, que pode ou não ser genética?. Afinal, segundo ele, é preciso identificar a causa para poder determinar se o jogador poderá voltar ao vôlei.Aos 23 anos, eleito o melhor atacante da última Superliga, Minuzzi treinava com a seleção brasileira no CT de Saquarema, no Rio, quando teve o problema cardíaco detectado. Um exame de rotina identificou o aneurisma na aorta, o que foi comprovado depois com um ecocardiograma e uma ressonância magnética.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.