Hélvio Romero/AE
Hélvio Romero/AE

Miranda critica o esquema de Carpegiani no São Paulo

Zagueiro culpa o treinador pelo elevado número de gols sofridos pelo time neste começo de ano

MARCIUS AZEVEDO, O Estado de S.Paulo

09 de fevereiro de 2011 | 00h00

SÃO PAULO - Despreocupado com o fato de já ter o futuro garantido fora do Morumbi, o zagueiro Miranda, que vai defender o Atlético de Madrid em julho, não se intimidou em criticar abertamente o chefe. Ele culpou Paulo César Carpegiani pelo elevado número de gols sofridos pelo time neste começo de ano - dez nos últimos cinco jogos.

Para o atleta, o esquema tático do treinador deixa o setor sobrecarregado, o que, segundo ele, dá uma falsa impressão de que zagueiros, laterais e volantes não estão se comportando adequadamente em campo. "O sistema é muito frágil e vulnerável. Nossa equipe joga muito para cima do rival, para fazer gols e, em contrapartida, fica desprotegida atrás", criticou.

Miranda usou ainda como argumento o fato de o São Paulo não ter empatado nenhuma partida no ano. "É um momento de reflexão para saber o que está ocorrendo de errado. A quantidade de gols que tomamos me preocupa muito."

O zagueiro, porém, não repassou sua preocupação ao próprio Carpegiani. De acordo com ele, internamente, os jogadores procuram realizar o que é pedido pelo treinador. "Cabe ao Paulo escolher o esquema e nós temos de entrar e fazer o melhor. A oscilação existe porque ainda carecemos de mais entrosamento."

Veja também:

linkApós 'maratona', Rivaldo festeja semana livre

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.