Mirassol mantém estratégia para ficar entre os primeiros

Equipe enfrenta o ascendente São Caetano para permanecer entre os oito mais bem classificados da disputa

, O Estado de S.Paulo

13 de fevereiro de 2011 | 00h00

Uma das boas surpresas das primeiras rodadas do Campeonato Paulista, o Mirassol, com 9 pontos, não pretende mudar de estratégia no jogo contra o São Caetano, hoje, às 19h30 diante de sua torcida. O técnico Ivan Baitello afirma que a meta estabelecida no início da competição - evitar o rebaixamento - continua sendo a prioridade, apesar da vitória sobre o Bragantino por 2 a 1 no último fim de semana. O time do ABC, com 8 pontos, está na zona intermediária da tabela e também vem de uma vitória, sobre o Paulista, por 2 a 1.

Outro time que está bem na competição e joga em casa é o Oeste, que enfrenta o Mogi Mirim às 19h30 em Itápolis. Com 10 pontos em 7 jogos o time pega um adversário sob pressão. Com 7 pontos, o Mogi terminou a última rodada com apenas um ponto a mais do que os rivais na zona de rebaixamento do Estadual.

Com 9 pontos, a Ponte Preta enfrenta o desesperado São Bernardo, com 5 pontos e na zona de rebaixamento. A esperança do time do ABC é de que o novo técnico, Estevam Soares, mostre serviço já na estreia e quebre a série de seis jogos sem vitória no Campeonato Paulista.

Bragantino e Ituano jogam hoje, também às 19h30, em Bragança Paulista, em busca de reabilitação. Os donos da casa, com 9 pontos, perderam para o Mirassol na última rodada e precisam dos pontos para não perder de vista o grupo dos oito melhores. O Ituano, apesar de 8 pontos, está em situação bem mais delicada pois perdeu para o Corinthians por goleada (4 a 0) e um novo resultado negativo pode tirar o time de uma situação razoavelmente confortável na tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.