Missão nas costas de Finazzi

O Corinthians precisa vencer. Então, precisa marcar gols. E tal responsabilidade recairá sobre as costas de Finazzi, que deve atuar isolado no duelo diante do Náutico, no Recife. A ordem do técnico Nelsinho Baptista é a de mandar a bola para o atacante a todo momento."O Finazzi é um artilheiro e todo mundo respeita. Para nós é muito importante contar com um jogador com este poder de decisão", diz o técnico. "O Finazzi contra seria muito perigoso. Domingo (hoje) será favorável a nós", fala. "E não seremos defensivos. Com a entrada do Carlão, damos liberdade para outros atletas atacarem." Caso marque ao menos um gol, Finazzi cumprirá sua segunda promessa no Corinthians. Quando foi contratado, garantiu marcar 10 gols. Já foram nove, sendo oito no Campeonato Brasileiro.

O Estadao de S.Paulo

21 de outubro de 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.