Modelo do avião que caiu já se envolveu em 7 acidentes; veja

Há hoje cerca de 200 aeronaves deste modelo em circulação; mais de 400 foram fabricadas

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2016 | 17h26

SÃO PAULO - O modelo BAE/Avro já se envolveu em ao menos sete episódios com morte de passageiros, de acordo com o site de aviação Airsafe.com. O levantamento teve como base os episódios onde o voo teve papel direto ou indireto na morte e considerou variações como RJ100, RJ85 e RJ70.

Veja a lista: 

1) 7 de dezembro de 1987 - Companhia Pacific Southwest Airlines, modelo BAE 146-200 - São Luis Obispo (Canada) - Funcionário recém demitido da USAir usou credenciais para entrar em avião com uma pistola e aparentemente matou seu ex-chefe e pilotos. Todos os membros da equipe e 37 passageiros foram mortos. 

2) 20 de fevereiro de 1991: Lan Chile BAE 146-200; Puerto Williams, Chile - O avião invadiu a pista no desembarque e caiu em águas próximas. 20 dos 65 passageiros foram mortos. 

3) 23 de julho de 1993; China; BAE 146-300: Aeronave estava em um voo doméstico que sairia de Yinchuan para Pequim, na China. Houve uma falha durante a decolagem que causou perda de elevação. Aeronave invadiu pista e caiu em um lugado. Um dos cinco tripulantes e 55 dos 108 passageiros foram mortos. 

4) 25 de setembro de 1998: Paun Air BAE 146-100; perto de Meilla, na Espanha - aeronava estava perto do aeroporto de Melilla e caiu em uma área montanhosa a 12 quilômetros do aeroporto. Quatro tripulantes e 34 passageiros.

5) 24 de novembro de 2001: Crossair Avro RJ100 - perto de Zurique, Suíça - Aeronava estava em voo de Berlim, na Alemanha, para Zurique, e caiu em uma área arborizada a cerca de três quilômetros da pista durante aproximação noturna ao aeroporto. Três dos cinco tripulantes e 21 dos 28 passageiros morreram.

6) 8 de janeiro de 2003: Turkish Airlines Avro RJ100 - Voo 634 - Diyabakir, Turquia: Aeronave tinha saído de Istambul e caiu pouco antes de chegar em Diyarbakir, cidade perto da fronteira da Turquia com o Iraque. Quatros dos cinco membros e 71 dos 75 passageiros  foram mortos no acidente.

7) 10 de outubro de 2006 - Atlantic Airways BAE 146 - 200, Stord, Noruega - O avião fretado estava em um voo doméstico não regular de Stavanger para Stord, na Noruega. Ao chegar em Stord, aeronava não conseguiu parar na pista de 1200 metros, invadiu a pista, continuou por uma encosta e pegou fogo. Um dos quatro membros da tripulação e quatro dos 12 passageiros morreram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.