Moncho renova a seleção

Enquanto não convoca os jogadores da NBA, técnico testa jovens talentos

RIO, O Estadao de S.Paulo

22 de maio de 2009 | 00h00

Uma seleção jovem e basicamente nacional. Eis o perfil dos 20 atletas chamados ontem pelo técnico Moncho Monsalve para o início dos trabalhos da seleção masculina de basquete. A equipe se apresenta no dia 28 de junho, em São Paulo, e disputará três torneios preparatórios. O principal objetivo da temporada é Copa América, em agosto, que dará quatro vagas para o Mundial da Turquia, em 2010.A média de idade do grupo é de 23 anos. Os mais experientes são o pivô Rafael Baby Araújo, do Flamengo, e o ala-pivô Murilo Becker, do Minas. Atletas considerados fundamentais para a seleção, como o trio da NBA Leandrinho, Anderson Varejão e Nenê, além de Tiago Splitter, Marcelinho Huertas, Marcelinho Machado e Alex Garcia devem aparecer apenas na convocação definitiva, às vésperas do Pré-Mundial. O torneio, aliás, ainda não tem local definido, após a Fiba Américas retirar a sede do México. O Brasil desistiu de receber o torneio, por causa de seus altos custos.Seis dos 20 jogadores chamados ontem são estreantes na equipe principal: Raul, Benite, Betinho, Jordan, Mineiro e Bruno Fiorotto. "Chamamos três atletas da seleção que ficou em 4º no Mundial Sub-19 em 2007 - Betinho, Paulão e Mineiro. Eles mostraram excelente evolução em seus clubes", explicou o treinador. Como já havia sinalizado, Moncho também chamou Jonathan Tavernari e Lucas Cipolini, do basquete universitário americano. Tavernari esteve no Pré-Olímpico Mundial, na Grécia, em julho. Ontem, o jogador da Brigham Young University (BYU) retirou sua inscrição do draft para a próxima temporada da NBA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.