Moncho tem de pedir visto até maio

A viagem ''a convite'' do espanhol Juan Manuel Moncho Monsalve Fernandez ao Brasil termina hoje. O novo treinador da seleção masculina de basquete encerrou ontem sua agenda de compromissos num encontro com o ministro do Esporte, Orlando Silva.Sem registro nos ministérios do Trabalho e da Justiça, o que representaria uma ilegalidade, Moncho tem até o final da primeira quinzena de maio para dar entrada no pedido de permissão para trabalhar no Brasil. Entre 13 e 20 de maio, deve anunciar sua primeira convocação. O retorno ao Brasil está previsto para junho. De 14 a 20 de julho, Moncho comanda a seleção na última tentativa de classificação para a Olimpíada.De acordo com Gerasime Bozikis, o Grego, presidente da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) o treinador espanhol está no País sem ganhar nada, ''de graça''.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.