Montgomery pára e não devolverá prêmios

Um dia depois de ter sido suspenso por dois anos por doping, Tim Montgomery, ex-recordista mundial dos 100 m, anunciou nesta quinta-feira o fim da carreira e jurou que não vai devolver os prêmios em dinheiro, como exige a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF). ?De jeito nenhum!?, disse Montgomery, acrescentando que gastou milhares de dólares para se defender das acusações. ?Mereço cada tostão do que ganhei e, mais ainda, pela forma como fui suspenso, sem nenhum antidoping positivo?. Na terça-feira, a Corte Arbitral do Esporte (CAS) suspendeu Montgomery com base no testemunho da também velocista Kelli White, a quem Montgomery teria confessado o uso de doping, e evidências obtidas durante a investigação federal do Laboratório Balco, acusado de produzir e distribuir substâncias proibidas a atletas de alto nível, incluindo o THG, que até 2003 não era detectado nos controles.

Agencia Estado,

15 de dezembro de 2005 | 18h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.