Monza teve um dia brasileiro

Felipe Nasr e Luiz Razia também venceram na pista

, O Estadao de S.Paulo

14 de setembro de 2009 | 00h00

Os pilotos brasileiros deram um show em Monza no fim de semana. Ontem, além da vitória de Rubens Barrichello, o jovem talentoso Felipe Nasr, 17 anos completados dia 21 de agosto, conquistou o título da Fórmula BMW em sua primeira temporada no automobilismo e na Europa.

Sábado, Lucas Di Grassi, em espetacular corrida na GP2, largou em 15º e terminou em 3º. Ontem, saiu da 6ª posição no grid para a 2ª colocação. A vitória ficou com outro brasileiro que cresce a cada etapa, Luiz Razia. Além dele, os brasileiros obtiveram dois triunfos este ano: com Lucas Di Grassi, na Turquia, e com Alberto Valerio, em Silverstone.

O título da GP2, no entanto, foi definido pelo alemão Nico Hulkenberg. Restam duas etapas para a conclusão da temporada - a serem realizadas no próximo fim de semana, em Portugal - e Di Grassi tem chances de buscar o vice-campeonato.

Mas se existe um piloto que chama a atenção de chefes de equipe é Felipe Nasr. "Não imaginava chegar 14 vezes no pódio já no primeiro ano. Foi uma surpresa para mim. Fui campeão, bem como minha equipe. Eles estão muito felizes.""

Sebastian Vettel e Nico Rosberg são exemplos de campeões da Fórmula BMW que chegaram à Fórmula 1.

Nasr tem convite para competir em várias categorias. "Podemos correr na Fórmula Renault e Fórmula 3 Europeia e Britânica"", explica seu tio, Amir Nasr, ex-piloto e dono de equipe na Fórmula 3 e na Stock Car. "Em menos de um mês, Felipe saberá o que vai fazer em 2010."" O piloto faz questão de dizer: "Não tenho pressa para chegar à Fórmula 1. Quero, sim, estar bem preparado.""

O que parece ser o mais novo grande talento brasileiro nas pistas não pretende passar pela GP2. Seu orientador, Amir, explica o motivo: "Iríamos correr contra pilotos que já têm quatro temporadas de experiência e, se você não estiver numa grande equipe, não possui chances de vitória.""

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.