Reprodução: Sagres
Reprodução: Sagres

Morre, aos 61 anos, o jornalista esportivo Adolfo Campos Filho

Vítima de um infarto, Adolfo era um dos principais cronistas da área em Goiás e deixa um filho e dois enteados

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2020 | 12h53

Morreu o jornalista esportivo Adolfo Campos Filho na madrugada desta quinta-feira, vítima de um infarto. Ele estava em casa, em Goiânia, onde foi encontrado já sem vida por seu filho, Paulo Renato.

 No dia anterior, Adolfo trabalhou normalmente. Ele cobriu uma partida de futebol durante a noite e chegou em casa de madrugada. Segundo o portal de notícias G1, Paulo Renato acredita que seu pai tenha falecido enquanto dormia.

 Atualmente, Adolfo trabalhava na Rádio Bandeirantes e na TV Serra Dourada. Ele, que era conhecido pelo slogan: "Comunicador Adolfo Campos, gente como você", deixa um filho e dois enteados.

Adolfo, que era víuvo, trabalhou como cronista por cerca de 40 anos. Ele também era apaixonado por música sertaneja e futebol. Suas duas paixões foram reunidas no programa "Bola e Viola", onde mesclava o esporte com o gênero musical. 

Tudo o que sabemos sobre:
jornalismofutebolinfarto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.