Morre ídolo da década de 60

Morreu ontem o ex-jogador Sidney Colônia Cunha, o Chinesinho, ídolo no Palmeiras e no Inter. Ele completaria 76 anos no dia 28 de junho e sofria do mal de Alzheimer. Chinesinho vivia em Rio Grande (RS), onde nasceu. Ele defendeu o Inter entre 1955 e 58, quando foi para o Palmeiras. Ficou por lá até 62, seguindo depois para a Itália, onde defendeu Modena e Juventus. No Palmeiras, onde fez maior sucesso e chegou a servir a seleção, ele disputou 241 jogos e marcou 55 gols.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.