Morre jogador de críquete atingido por bolada na cabeça

Phil Hughes estava internado desde a terça-feira, quando passou por uma cirurgia, mas não conseguiu se recuperar das lesões

O Estado de S. Paulo

27 de novembro de 2014 | 07h13

O jogador de críquete australiano Phil Hughes morreu nesta quinta-feira em um hospital de Sydney, na Austrália, dois dias depois de ser atingido na cabeça por uma bola em uma partida disputada no Sydney Cricket Ground. O rebatedor, de 25 anos, sofreu traumatismo craniano e hemorragia cerebral, passou por cirurgia e foi colocado em coma induzido para aliviar a pressão na área atingida.

Os médicos do Hospital St. Vincent de Sydney anunciaram sua morte depois que seus familiares decidiram desligar os aparelhos que o mantinham vivo.

"É com enorme tristeza que informo que há pouco Phillip Hughes morreu. Ele não voltou à consciência depois de sua lesão na terça-feira. Ele não estava como dores e morreu rodeado por sua família e amigos. Como comunidade do críquete, lamentamos sua perda e prestamos profundas condolências à família", lamentou Peter Brukner, médico da seleção australiana de críquete.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

Hughes, que jogava pela equipe de South Australia (Austrália do Sul), levou uma bolada em uma parte da cabeça que não estava protegida pelo capacete após o lançamento de Saen Abbott, do New South Wales (Nova Gales do Sul), durante uma partida do Sheffield Shield, o principal campeonato australiano de críquete.

Tudo o que sabemos sobre:
críqueteesportePhil Hughes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.