Morre motociclista que acompanhava Volta da Itália

Fabio Saccani chocou sua moto com um caminhão, enquanto se dirigia para a cobertura da décima etapa

AE-AP, Agencia Estado

19 de maio de 2009 | 09h18

O motociclista italiano Fabio Saccani, que acompanhava os participantes da Volta da Itália junto com um fotógrafo, morreu nesta terça-feira, aos 69 anos, após chocar sua moto com um caminhão, enquanto se dirigia para a abertura da décima etapa, na cidade de Cuneo.

Saccani acompanhava o fotógrafo Roberto Bettini, especializado em ciclismo, e seguia a prova italiana havia mais de 30 anos, além de participar de outras coberturas do esporte. Os dirigentes da Volta da Itália informaram que haverá um minuto de silêncio em sua homenagem antes da etapa desta quarta-feira.

Segundo o jornal Gazzetta dello Sport, Saccani tinha amizade com muitos atletas italianos e também com o norte-americano Lance Armstrong, de quem se aproximou por, como ele, ter se curado de um câncer. "Certa vez disse a Lance que o câncer escolheu a pessoa errada", contou o motociclista ao diário antes do início da prova deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
ciclismoVolta da Itália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.