Morre nadador que conquistou 1.ª medalha do Brasil no Pan

Tetsuo Okamoto, de 75 anos, teve insuficiência respiratória e cardíaca em virtude de problemas renais

02 Outubro 2007 | 15h54

Morreu nesta terça-feira o atleta Tetsuo Okamoto, primeiro nadador brasileiro a ganhar uma medalha nos Jogos Pan-Americanos (ouro nos 400m e 1500m livre em Buenos Aires 1951) e nos Jogos Olímpicos (bronze nos 1500m livre em Helsinque 1952).   Okamoto, que tinha 75 anos, sofria com problemas renais e fazia hemodiálise com freqüência. Ele morreu de insuficiência respiratória e cardíaca na cidade de Marília.   O enterro acontecerá no Cemitério Getsémani, em São Paulo.   Após a morte de Okamoto, o presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos, Coaracy Nunes Filho, decretou luto oficial de três dias.   As próximas competições de natação que serão disputadas no País devem contar com um minuto de silêncio para homenagear o nadador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.