Morte de Eusébio e retomada de competições: confira como foi o fim de semana esportivo

Maior jogador português da história morreu aos 71 anos; veja os resultados do futebol, tênis e basquete

O Estado de S. Paulo

06 de janeiro de 2014 | 05h00

SÃO PAULO - As competições esportivas começam a voltar à ativa. Nos últimos dois dias, foram disputados os primeiros jogos da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Na Europa, os campeonatos da Itália e da Espanha foram retomados, assim como a Copa da Inglaterra. No tênis, Lleyton Hewitt derrotou Federer no Torneio de Brisbane e ficou com o título. Serena Williams também sagrou-se campeã ao bater Azarenka. Nadal ergueu a taça em Doha. O primeiro fim de semana de 2014 também foi marcado pela morte do craque Eusébio, maior jogador da história do futebol português.

 

EUSÉBIO

O craque Eusébio, maior jogador da história do futebol português, morreu neste domingo aos 71 anos, em Lisboa, após parada cardiorrespiratória. O ex-atleta estava com a saúde debolirada desde o fim de 2011. Em 2012, ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) durante a Eurocopa, na Polônia. Na ocasião, Eusébio ficou quase três semanas internado. Poucos meses antes, ele havia sido hospitalizado devido a uma pneumonia.

 

Nascido em 1942, em Moçambique, Eusébio levou o Benfica às suas maiores glórias, como o bicampeonato europeu em 1961 e 1962. No clube, o atacante atuou por mais de 600 vezes. Na seleção portuguesa, o craque foi o principal nome do time na Copa de 1966, quando Portugal foi terceira colocada - a melhor posição do país na história dos Mundiais. Eusébio disputou 745 jogos na carreira e marcou 733 gols.

COPA SÃO PAULO

A competição de base mais tradicional do Brasil teve início na última sexta-feira. Dos times grandes, apenas o Vasco perdeu - o time acabou derrotado pelo Audax por 2 a 0. O São Paulo, por sua vez, empatou por 1 a 1 com o Kashiwa Reysol, assim como o Corinthians, em placar igual, contra o Remo. O Palmeiras bateu o Fluminense de Feira de Santana por 1 a 0. Já o Flamengo passou pelo Santo André (4 a 1). Fluminense, Cruzeiro, Botafogo e Atlético-MG venceram, respectivamente, Confiança (4 a 0), São José (8 a 0), Ji-Paraná (3 a 1) e Aracruz (5 a 1). Neste domingo, o Santos, jogando na Vila Belmiro, goleou o Alecrim por 8 a 0.

INTERNACIONAL

O Manchester United acabou eliminado da Copa da Inglaterra ao perder para o Swansea por 2 a 1. Na terceira rodada da competição, o Liverpool derrotou o Oldham por 2 a 0 no Estádio Anfield Road. O Chelsea e o Arsenal também avançaram. O primeiro bateu o Stoke City por 2 a 0. Já o líder do Campeonato Inglês fez 2 a 0 no Tottenham. O Manchester City não passou de um empate por 1 a 1 com o Blackburn e decidirá a vaga em casa. O Newscastle levou 2 a 1 do Cardiff City e acabou eliminado do torneio.

 

No Campeonato Italiano, o domingo marcou o ínicio da 18.ª rodada. A Juventus abriu oito pontos de vantagem na liderança ao bater a vice-líder Roma por 2 a 0. No Espanhol, o Barcelona venceu o Elche por 4 a 0, com três gols de Alexis Sánchez. Com isso, o time retomou a liderança do campeonato. O segundo colocado, o Atlético de Madrid fez 1 a 0 no Málaga fora de casa. O Real Madrid entra em campo nesta segunda-feira, contra o Celta de Vigo, no Santiago Bernabéu.

TÊNIS

A norte-americana Serena Williams conquistou o título do Torneio de Brisbane, na Austrália, ao derrotar na decisão a bielo-russa Victoria Azarenka, segunda colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5, em 1 hora e 38 minutos. Já Wawrinka chegou ao quinto título da carreira ao bater o francês Edouard Roger Vasselin em 2 sets a 0 (7/5 e 6/2) e faturar o Torneio de Chennai (Índia).

 

Já Rafael Nadal enfrentou o francês Gael Monfils, que ocupa atualmente a 31ª colocação do ranking. E precisou de quase 2 horas para vencer por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 6/7 (5/7) e 6/2. Assim, o espanhol foi campeão pela primeira vez em Doha - tinha sido vice em 2010, quando perdeu a decisão para o russo Nikolay Davydenko. No Brasil,  João Souza, o Feijão, é o novo número 1 do Brasil no tênis profissional. Neste domingo, ele venceu o Challenger de São Paulo, disputado no Parque Villa-Lobos, na zona oeste da capital, ao ganhar na final do colombiano Alejandro González por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/4, em pouco mais de uma hora e meia de partida.

SCHUMACHER

O heptacampeão da Fórmula 1, Michael Schumacher, continua em estado grave, mas estável, no hospital em Grenoble. Neste domingo, Um procurador do Estado francês afirmou que deseja obter um suposto vídeo, gravado através de um aparelho celular, do grave acidente de esqui sofrido pelo ex-piloto, que provocou graves ferimentos no ex-piloto alemão, que está em coma induzido desde então, internado em um hospital de Grenoble.

 

HANDEBOL

A seleção brasileira masculina de handebol tropeçou no último jogo do Torneio Memorial Domingo Bárcenas, realizado em Córdoba, na Espanha. Na última rodada do quadrangular, neste domingo, o Brasil apenas empatou em 22 a 22 com o Egito, teoricamente a equipe mais fraca da competição.

 

NBA

O Oklahoma City Thunder venceu o Minnesota Timberwolves, fora de casa, por 115 a 111. Na partida, Kevin Durant anotou 48 pontos. Com o resultado, o time segue liderando a Conferência Oeste, com 26 vitórias, igual número de triunfos do San Antonio. Líder da Conferência Leste, o Indiana Pacers segue quase imbatível em casa e chegou ao seu 16.º triunfo em 17 partidas em Indianápolis ao vencer o New Orleans Pelicans por 99 a 82, com 24 pontos de Paul George. O Memphis Grizzlies venceu o Detroit Pistons por 112 a 84 na tarde deste domingo, fora de casa, pela NBA. A equipe, que contou com mais uma grande atuação do pivô Zach Randolph, com 16 pontos e 16 rebotes, foi muito estável durante todo o jogo e, graças ao apagão dos Pistons no 3.º quarto, conquistou a tranquila vitória.

 

Durante a vitória sobre o Los Angeles Clippers por 116 a 92, na rodada de sábado da liga norte-americana de basquete, o pivô brasileiro Tiago Splitter, do San Antonio Spurs, deslocou o ombro direito. O jogador deve ficar afastado de 3 a 5 semanas. Leandrinho Barbosa, por sua vez, despediu-se do Pinheiros/Sky após menos de dois meses no clube. Ele voltará a atuar na NBA, mas ainda não revelou qual será seu destino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.